Ir para: navegação, pesquisa

Prospecção

Prospecção é uma palavra com origem no latim prospectione que significa a ação de prospectar ou pesquisar. É um termo do âmbito da geologia, que é usado para descrever os métodos usados para descobrir os filões ou jazidas de uma mina.

Na geologia, a prospecção consiste em um conjunto de trabalhos geológicos e mineiros que têm como objetivo reconhecer o valor econômico de um jazigo ou de uma região mineira.

A prospecção serve para localizar reservas de substâncias valiosas para o ser humano. Por este motivo, é frequente ouvir falar em prospeção do petróleo ou gás natural. Neste caso, ocorre a prospecção geofísica, que obtém informações sobre o subsolo a partir da superfície, não havendo necessidade de perfurar o solo. Podem ser usados vários processos, entre os quais:

  • sísmicos: através da análise da variação da velocidade com que se propagam ondas sísmicas criadas de forma artificial;
  • elétricos: consiste na identificação de propriedades elétricas das rochas, como a constante dielétrica, atividade eletroquímica e resistividade;
  • gravimétricos: métodos baseados na gravimetria, estudam as diferenças na aceleração da gravidade em diferentes solos, que pode indicar irregularidades na densidade das rochas;
  • radioativos: estes métodos possibilitam a fazer a identificação e medição de partículas e radioatividade de alguns minerais;
  • magnéticos: alterações nos campos magnéticos, causadas por fenômenos geológicos.


A prospecção também pode estar relacionada com a arqueologia, sendo que neste caso descreve as técnicas aplicadas na localização de um jazida arqueológica de valor histórico, no caso de não existirem vestígios da existência de uma civilização antiga na superfície. São usadas técnicas como a fotografia aérea ou por satélite, que identifica zonas arqueológicas através das irregularidades detectadas no terreno fotografado. Também existem sondas fotográficas, inseridas em túmulos para verificar o seu conteúdo e se foram saqueados. As sondas elétricas, prospecções químicas e sísmicas também servem para obter informações sobre o terreno em questão, através da análise da resistência elétrica, efeito de ondas sonoras e composição química dos solos.